Pesquisar este blog

sexta-feira, 9 de março de 2012

Amar é conhecer o que transcende...


Quem é você? pra que veio?...
Tava tudo indo bem... minha vontade saciada...
meus anseios quietos...
Apenas fecharam-se os olhos... as possibilidades me atingiram
A flecha de sagitário agora aponta para acendente em aquario

Atiro tantas flechas e todas lhe acertam!
Vezes é você que penso, vezes é seu colo que quero
vezes é seu cheiro que sinto
Vem pra mim... vem...

Não me dê seu endereço... não... vou te achar com a força do coração...
Não me prometa surpresas porque sim vou cobrar!
Não diga que eu tenho que fazer por onde... eu farei!
E sim diga que o ar que respiramos tem o nosso cheiro
Sim, diga que me acordará na manhã seguinte...
Sim... que temos um universo... com constelações... planetas que regem o amor
E que isso nunca vai ter fim...
E que guarda meu beijo na concha das mãos
e me leva feito mancha na roupa e não lava não...
E segura a minha mão como se fosse a quinta maravilha do mundo
Sim Sim! e isso nunca vai ter fim!
As estrelas já contemplam esse amor
Os cosmos já disseram sim
E a nós basta contemplar o mar, o ar, as plantas, as flores

E a mim e a você...

Nenhum comentário:

Postar um comentário